o mundo inteiro pode ser abastecido por alimentos orgânicos

Notícia | 08/06/2016

a universidade estadual de washington realizou um estudo que mostra que a produção orgânica pode atender a demanda geral da população do planeta. os resultados mostram que ao mesmo tempo em que as condições dos trabalhadores orgânicos e o clima melhora, a produção deste tipo de alimento também é favorecida.

o relatório “agricultura orgânica para o século 21”, tem como base examinar a eficiência da agricultura ecológica que toma como referencia os pilares da sustentabilidade econômica, social e ambiental. Liderado pelo professor de ciência do solo e agroecologia john regalnold e pelo doutorando jonathan wather, o estudo apresenta analises detalhadas de outros estudos acadêmicos que abordam a mesma temática.

segundo especialistas, o ideal seria mesclar as tecnologias usadas nos plantios tradicionais com os métodos orgânicos. destacam-se: diversificação agrícola e pecuária, rotação de culturas, gestão natural de pragas, adubação verde, animais e melhoras na condição do solo a partir de uso de compostagem.

segundo eles “fazendas orgânicas têm o potencial para produzir altos rendimentos em consequência da capacidade mais elevada de retenção de água nos solos cultivados sem agrotóxicos”. os autores garantem que independente das mudanças climáticas a agricultura orgânica é capaz de atender todas as necessidades do mundo.

as evidencias apontam que os benefícios da produção orgânica são muitos, pois eles garantem um maior beneficio social, um ganho ambiental relevante e a melhora da qualidade da saúde da população. em contra partida, os ganhos em termos econômicos não são tão rentáveis, já que o uso de pesticidas é menor – o que acaba barateando parte da produção. 

Fonte: Ciclo Vivo.